Aparelhos

Instalação do Recurso de compatibilidade de aplicativo do Server Core sob demanda (FOD) – Windows Server 2019

Instalação do Recurso de compatibilidade de aplicativo do Server Core sob demanda (FOD) – Windows Server 2019
Instalação do Recurso de compatibilidade de aplicativo do Server Core sob demanda (FOD) – Windows Server 2019


O título é extenso, o nome é complicado, mas não se preocupe, pois eu vou descomplicar! Neste artigo, explico tudo sobre FOD (Installing Features on Demand) e suas principais vantagens.

 

Um pouco da história do Windows Server Core

O Windows Server sem interface gráfica, o famoso Windows Server Core, chegou com o lançamento do Windows Server 2008. Ele fornece um ambiente de servidor com funcionalidades reduzidas.

As vantagens de utilizar um Windows Server Core são:

  • reduz o número de atualizações;
  • consequentemente, torna a manutenção mais fácil;
  • por ter menos portas abertas, reduz a superfície de ataque;
  • reduz o uso de memória e disco.

Toda a configuração e manutenção são feitas inteiramente através de janelas de interface de linha de comando ou conectando-se à máquina remotamente, com o Microsoft Management Console (MMC), as ferramentas de administração de servidor remoto e o PowerShell.

 

Níveis de configuração

 

À medida que as implementações do Server Core amadureceram, evoluíram de uma opção de instalação para um nível de configuração.

 

Windows Server 2008

Primeira versão do Windows Server Core.

 

Windows Server 2008 R2

Versão do Server Core que inclui um subconjunto NET Framework e Windows Powershell 2.0. É também a primeira versão do Server Core em que o Microsoft SQL Server pode ser instalado.

 

Windows Server 2012

Primeira versão do Windows Server que poderia alterar entre a versão com a interface gráfica e outra versão, sem a necessidade de reinstalar o sistema operacional. Também lançou uma nova opção de instalação minimal server interface, permitindo que alguns elementos GUI, como o MMC e o Server Manager, fossem executados, mas sem o desktop normal, shell ou programas padrão como o File Explorer. A “interface mínima do servidor” é na verdade uma função de servidor (Server-Gui-Mgmt-Infra), a versão GUI completa também contém a função Server-Gui-Shell.

 

Windows Server 2012 R2

Nesta versão, a instalação do Windows Server Core é feita por padrão.

 

Windows Server 2016

Trouxe uma nova opção de instalação mínima (menor que o Server Core) chamada Nano Server, otimizada para Contêineres do Windows Server e Contêineres Hyper-V, bem como outros cenários otimizados para nuvem. Nesta versão não há logon local e suporte à área de trabalho remoto.

Por muito tempo, utilizar Windows Server sem interface gráfica (GUI) era somente para profissionais de TI com nível técnico avançado, já que sua administração deveria ser feita através de linha de comando. Isso já não é mais um problema. Apesar de ser necessário utilizar linha de comando em alguns momentos, essa necessidade foi drasticamente reduzida. Com a chegada do Windows Admin Center, é possível fazer o gerenciamento pelo Windows Server Core e colocar o serviço em alta disponibilidade. Outra opção é utilizar a interface gráfica através de um navegador. 

 

(Windows Admin Center)

 

 

Para mais informações sobre o Windows Admin Center, acesse aqui o artigo sobre o Windows Admin Center e sua implantação em alta disponibilidade.

 

Uma novidade que poucos profissionais de TI sabem que existe no Windows Server 2019 é o Features on demand (FOD).

 

Mas para que server este recurso do Windows Server 2019?

Os recursos sob demanda (FODs) são pacotes de recursos do Windows que podem ser adicionados a qualquer momento. Os mais comuns incluem recursos de idioma, como reconhecimento de manuscrito, o NET Framework, entre outros. Quando o Windows 10 ou o Windows Server precisam de um novo recurso, o pacote de recursos do Windows Update pode ser solicitado.

Você também pode pré-instalar FODs, para que eles estejam prontos se um usuário precisar deles. Os FODs são distribuídos como arquivos .cab no ISO do Feature on Demand e você pode usar o DISM para adicionar um FOD à uma imagem do Windows. Se você estiver usando o FOD ISO para pré-instalar FODs, verifique se está usando o FOD ISO que corresponde à sua versão de imagem do Windows.

 

Tipos de recursos sob demanda

A partir do Windows 10, versão 1809 e Windows Server 2019, o Windows possui dois tipos diferentes de recursos sob demanda:

FODs sem pacotes de satélite: FODs com todos os recursos de idioma empacotados no mesmo pacote. Esses FODs são distribuídos como um único arquivo .cab.

FODs com pacotes satélites: FODs de idioma neutro que possuem recursos de linguagem e/ou arquitetura em pacotes separados (satélites). Quando você instala esse tipo de FOD, apenas os pacotes que se aplicam à imagem do Windows são instalados, o que reduz o espaço ocupado pelo disco.

Para mais informações sobre o Features on demand (Recursos sob demanda) acesse aqui.

 

Hoje vamos aprender a instalar o Recurso de compatibilidade de aplicativo do Server Core sob demanda (FOD)um pacote de recurso opcional que pode ser adicionado para instalações do Server Core do Windows Server 2019, Windows Server versão 1809 e Hyper-V Server 2019.

Compatibilidade de aplicativo (um recurso sob demanda para Server Core) melhora consideravelmente a compatibilidade de aplicativo da opção de instalação Server Core do Windows, incluindo um subconjunto de binários e pacotes do Windows Server com experiência Desktop, sem adicionar o ambiente gráfico e a experiência de área de trabalho do Windows Server. Esse pacote opcional está disponível em uma ISO separada e pode ser adicionado à instalações Server Core do Windows. Baixe aqui a ISO.

 

Os dois valores primários que o FOD de compatibilidade de aplicativo fornece são:

  • Aumento da compatibilidade do Server Core para aplicativos de servidor que já estão no mercado ou já foram desenvolvidos por organizações e implantados.
  • Ajuda no fornecimento de componentes do sistema operacional e compatibilidade maior de ferramentas de software usadas na solução de problemas agudos e cenários de depuração.

 

Os componentes do sistema operacional que estão disponíveis como parte do FOD de compatibilidade do Server Core aplicativo incluem:

  • Console de gerenciamento Microsoft (mmc.exe)
  • Visualizador de eventos (eventvwr.msc)
  • Monitor de desempenho (PerfMon.exe)
  • Monitor de recursos (Resmon.exe)
  • Gerenciador de dispositivos (devmgmt. msc)
  • Explorador de arquivos (Explorer.exe)
  • Windows PowerShell (Powershell_ISE.exe)
  • Gerenciamento de disco (Diskmgmt. msc)
  • Gerenciador de Cluster de failover (CluAdmin.msc – Requer a adição do recurso de servidor Windows Clustering de Failover do primeiro)
  • Internet Explorer 11 (Podemos também adicionar o Internet Explorer 11 ao Server Core depois de adicionar o Server Core aplicativo compatibilidade FOD – IExplore.exe)

 

Servidores que executam o Windows Server, versão 1903 e versões posteriores também são compatíveis com os seguintes componentes (ao usar a mesma versão do FOD de compatibilidade de aplicativos):

  • Gerenciador do Hyper-V (virtmgmt.msc)
  • Agendador de Tarefas (taskschd.msc)

 

O FOD de compatibilidade de aplicativo só pode ser instalado no Server Core. Não tente adicionar o FOD de compatibilidade de aplicativo Server Core para uma instalação do Windows Server 2019 com experiência Desktop.

 

Script

O script apresentado no vídeo está disponível para download aqui no meu GitHub, com a explicação de todos os comandos.

 

Vídeo

Agora vamos ao vídeo que explica como instalar e utilizar o Recurso de compatibilidade de aplicativo do Server Core sob demanda (FOD).

 



Source link

Add Comment

Click here to post a comment