Aparelhos

Diversão Levada a Sério na Game XP com a Infraestrutura da Oi Empresas! – CooperaTI

Diversão Levada a Sério na Game XP com a Infraestrutura da Oi Empresas! – CooperaTI
Diversão Levada a Sério na Game XP com a Infraestrutura da Oi Empresas! – CooperaTI


A convite da Game XP eu estive no evento para entender como é a infraestrutura em TI de um evento de 20.000 pessoas por dia. E estive com o pessoal da Oi, que me explicaram com detalhes como é mantida uma operação assim!

Atenção: Essa não é uma matéria paga! Eu não ganhei nada para escrever isso e na verdade nem convidado pela Oi eu fui. Mas eu realmente fiquei surpreso com a qualidade da rede deles.

 

O centro de operações é composto de 12 telas de monitoramento e é possível observar em tempo real tudo o que acontece no evento.

O link de dados é de 12 Gbps, entregues em 26 km de fibra ótica. Mas o principal consumo disso é por wireless, com suporte a 300.000 conexões simultâneas. São 148 APs espalhados pelo evento.

O interessante é que nenhuma rota é única, tudo é redundante nesta estrutura preparada pela Oi. O Gustavo Brambila (Diretor de Infra) me disse que a disponibilidade tem que ser sempre de 100%.

Exterior do Centro de Operações da Oi no Game XP

O que eu achei interessante foi o profissionalismo da Oi em um evento desse porte. Por fora o Game XP é um evento de cosplay, jogos e muita diversão, mas nos bastidores tem muitos profissionais e muita tecnologia envolvida.

Pense só, quantos terabytes devem trafegar durante o evento? Quantos equipamentos ativos (e reservas) devem ter sido disponibilizados para isso?

Na edição anterior foram mais de 30 terabytes e nessa eles esperam bem mais!

E não há como aceitar downtime em um evento desses. Toda tecnologia e todos os profissionais tem que estar preparados para que qualquer problema seja resolvido antes mesmo do público perceber.

E isso é feito com uma soma de monitoramento + alta disponibilidade.

Claro que eu pude observar isso na prática! Uma pena que não autorizam fotos ☹

Existe uma solução de monitoramento que dá a visão de calor das áreas com maior concentração de pessoas utilizando a Wifi, logo os equipamentos são provisionados de forma a atender as demandas em tempo real.

A segurança também é um ponto de atenção! O controle de acesso aos equipamentos e diversos centros espalhados pelo evento é feito através de vídeo, com leitura facial.

Eu não tive acesso ao esquema de segurança digital dos dados, mas a Oi afirmou que nunca teve registro de invasão em eventos que ela gerenciou (copa do mundo, rock in rio e outros) e que também o LGPD já está 100%.

O Wifi eu testei e estava incrível realmente:

Medição de internet 1

A pedido da própria produção do evento eu testei a conexão sem fios de alguns locais e a princípio não apresentou problemas. É preciso um cadastro chato, mas soube que é exigência da Anatel.

E o 5g, é real?

Sim, no evento a Oi colocou um stand para testar a tecnologia 5G em ação! Eu não tenho um celular compatível, mas o meu amigo Rodolpho Michelin viu bater 1 giga de internet em um aparelho que mostraram.

Serão duas experiências guiadas, uma dentro do estande Oi na Inova Arena que é de interação virtual com imagens holográficas e a outra é o smartphone que mencionei acima, ele estará disponível para o público manusear e realizar o teste de velocidade.

Espaço pra desenvolvedores!

Se você já esteve em um evento de games sabe como é, o foco principal são os grandes lançamentos e também os torneios. Mas no Game XP tem um espaço muito legal para quem desenvolve jogos aqui no Brasil.

É dentro da Inova Arena e os desenvolvedores tem espaço para mostrar seus jogos e soluções. O destaque fica para o pessoal da MOCS, que trouxe um produto que transforma qualquer cadeira de rodas em um verdadeiro triciclo, dando liberdade merecida para quem tem dificuldades motoras. Eu pude testar no simulador e é bem legal! Vou postar o vídeo em breve.

A Oi também colocou seus alunos da NAVE (Núcleo Avançado em Educação) para apresentarem seus jogos desenvolvidos em sala de aula. É muito bom saber que há esse tipo de investimento nos jovens!

São tantas atrações que eu iria levar muito tempo para comentar cada uma aqui!

Eu conheço a organização do evento desde 2011 e a cada edição de seus eventos percebo a evolução e seriedade com tudo.

Para o mercado de games é muito importante ter eventos “fixos” como o Game XP aqui no Brasil. E como vocês puderam perceber, envolve muitos desafios em TI para que tudo funcione perfeitamente. E isso gera empregos, projetos, cases e claro, muita diversão!

Como profissional em TI eu fiquei realmente impressionado com a magnitude das soluções desenvolvidas para o evento. Tive vontade de tirar muitas fotos, mas eu entendo que por medidas de segurança tanto a Oi quanto a organização do evento tem que se precaver.

Eu ainda não contratei os serviços da Oi Empresas em meus clientes e gostaria muito de saber o feedback de vocês leitores. Todas as soluções aplicadas no Game XP são serviços já oferecidos pela Oi, bastou apenas algumas adaptações de telas.

Considerações sobre o NOC

Se você acompanha as minhas Lives no Facebook deve ter percebido que estamos discutindo muito sobre como um NOC deve operar. O fato de ter muitos monitores não quer dizer muita coisa. Não é que seja decorativo, mas em nenhum momento eu observei os profissionais olhando para as telas 😊

Isso é um problema? Não! O que estamos percebendo é que as soluções precisam notificar os profissionais certos nas horas certas. Não é preciso que tenham pessoas olhando para as telas como se fosse uma edição do Big Brother 😉

Eu não tive informações sobre a inteligência artificial aplicada à prevenção de problemas. Mas com certeza havia algo implantando.

Hoje não é mais aceitável que o problema ocorra. A TI precisa de análises preditivas, com base em sensores e monitoramento, para que comportamentos sejam analisados e tratados.

Você que dirige sabe quando seu carro está com um comportamento estranho e logo vai pedir para um especialista verificar. Ou um filho que você percebe que não está legal, logo leva em um especialista para identificar.

Com a TI é a mesma coisa, comportamentos de roteadores, servidores e outros equipamentos podem indicar uma falha eminente e tratar isso de forma proativa é a chave do sucesso!

Enfim, gostei muito de estar presente no evento e também do apoio que a Oi ofereceu para que eu estivesse a par de todas as informações!



Source link

Add Comment

Click here to post a comment